terça-feira, 5 de março de 2013

Ontem conversei com Deus. Fazia muito tempo que não me dava ao luxo. Andava me achando indigna de qualquer pão. Até que ontem a sensação abrandou-se e eu simplesmente fechei os olhos e dirigi minhas palavras a ele. Depois de tanto tempo, tive a coragem de me arriscar a tomar vários minutos da sua atenção. Fiz uma retrospectiva mesmo. E o mais incrível foi que me senti ouvida desde a primeira palavra até o último suspiro. Depois que acabei, chorei e fiquei me perguntando sobre o propósito daquilo. Como imaginava, tal indagação só me trouxe um vazio. Então, automaticamente, decidi que sim, alguém havia escutado tudo o que eu contei e levado em consideração cada palavra proferida. Só pra não dormir de barriga vazia.

Um comentário:

Lia Saboia disse...

amiga, eu estou aqui!
e ele ouviu com certeza.